Buscar
  • Douglas

Olhar de Fotógrafo: Como Podemos Ser Criativo na Hora de Fotografar a Gastronomia


A forma como observamos os alimentos e bebidas e elaboramos nossos próprios critérios de imagem visual é o que nos leva a pensar na estética de cada clique, seja em um ambiente de estúdio preparado ou em um momento qualquer sem pretensões.


E não é apenas o alimento em si ou um drink que devemos nos atentar para criar uma boa imagem com uma iluminação adequada, uma direção de arte impecável ou uma decoração elaborada de um(a) food stylist.


Às vezes, é preciso olhar ao redor. Mas como assim?


Os alimentos estão à nossa volta a todo momento. Pode ser que não pareça ou que passe despercebido por nós uma vez que estamos acostumados como seres humanos a "conviver" com os alimentos todos os dias e a qualquer hora.


Foto acima: Acervo de Imagens do Wix.


Pare e reflita: quantas vezes você já parou para fazer uma refeição e notou que, ao olhar as pessoas ao redor consumindo seus alimentos como em uma padaria, um restaurante, uma lanchonete, em um café ou qualquer outro lugar e pensou que poderia registrar momentos tão especiais como os de uma refeição?


Imagino que poucas vezes ou quase nenhuma, certo?


E não apenas as pessoas fazendo suas refeições, mas todos aqueles que estão por trás do serviço do preparo dos alimentos e das bebidas como cozinheiros, chefs, garçons, atendentes, etc, são personagens que devem ser valorizados em sua arte e em suas atividades.


No dia 03 de junho de 1955, a revista americana LIFE publicou uma edição especial voltada para o tema "alimentos" e o estilo Americano de almoço. O fotógrafo Alfred Eisenstaedt capturou imagens desde operários em uma construção na hora do almoço até a atriz Angela Lansbury saboreando um hambúrguer durante uma pausa dentro dos estúdios da Paramount durante uma gravação.


Produzir imagens de alimentos ricos em cores, uma decoração sultuosa, iluminação bem desenhada e equipamentos caros é uma tarefa que nos instiga, nos envolve e nos estimula a criarmos. Porém, o mais importante dessa arte de fotografar alimentos é parar por uns instantes e pensar o que podemos encontrar ao nosso redor para não apenas registramos um momento no que diz respeito aos alimentos, mas buscar diferentes formas de se contar uma história com pessoas e para pessoas.


Foto acima: Acervo de Imagens do Wix.


Você pode conferir a matéria completa aqui.


Este post não contém nenhum tipo de afiliação, patrocínio, parceria ou propaganda.


#storytelling #fotógrafodealimentos #fotografodealimentos #fotodecomida