Buscar
  • Douglas

5 Estratégias de Vídeos para Aumentar sua Audiência


Fotografia de Alimentos

Se você é daqueles que ainda não estão convencidos que vídeos online podem fazer a diferença no seu negócio, seja físico ou online, aumentar suas vendas e atrair novos clientes, então pode começar a mudar seu mindset.


De acordo com o YouTube, o segundo maior buscador de conteúdo online do mundo (apenas atrás do Google), as pessoas assistem mais de 1 bilhão de horas de vídeos por dia e geram bilhões de visualizações!

São números bem atraentes, não são!?


Em meio a tantos vídeos em uma única plataforma, você precisa se atentar para algumas estratégias de marketing digital fundamentais e saber qual público deseja atingir.


Por isso, logo abaixo, você verá 5 delas que separei para que possa começar a se acostumar com a linguagem dos vídeos online e tirar maior proveito dessa poderosa ferramenta de divulgação.

1 - Comece pela sua audiência.

Antes de começar a produzir um vídeo para o seu negócio, entenda o que seu prospecto (possível cliente) busca e deseja ter como solução de algum problema ou necessidade. Por exemplo, se você é um fotógrafo de alimentos com foco em sobremesas e/ou doces, mas de vez em quando também fotografa pratos para restaurantes, procure não misturar os produtos em um mesmo vídeo. Sugiro que faça vídeos separados para que possa divulgar cada um deles para o cliente certo e não deixar dúvidas na hora de oferecer o serviço.

2 - Faça vídeos que durem o tempo necessário para apresentar seu produto ou serviço.

Se o seu vídeo vai durar 30 segundos, 1 minuto ou mais não importa. Não existe um tempo exato de duração para os vídeos. Foque no que o seu cliente precisa e, no caso de um vídeo promocional de apresentação do seu produto ou serviço, mantenha o tempo adequado para que todos possam assistí-lo de maneira confortável e compreensível.


Claro que, se fizer um vídeo com duração entre 10 e 15 apenas com fotos e cada foto durar 20 segundos, além de se tornar monótono, quem assiste irá desistir nas primeiras 5 fotos e seu esforço em produzí-lo será em vão. Em média, uma foto é bem visualizada entre 3 e 5 segundos no caso de haver apenas imagens. Caso adicione algum texto descritivo, você poderá aumentar a duração 1 a 2 segundos a mais. No entanto, cada vídeo terá sua particularidade e você deverá adequá-lo conforme o propósito e o conteúdo.

3 - Utilize imagens de alta qualidade.

As câmeras de celulares estão cada vez melhores em recursos e qualidade das lentes. Mas se seu objetivo é de fato explorar mais a fundo a fotografia em seu negócio, recomendo câmeras fotográficas que tenham a opção em fotografar em RAW e gravar em pelo menos na resolução 1080p 30fps. Mesmo câmeras de entrada como a linha EOS Rebel da Canon, por exemplo, conseguem fotografar em RAW e gravar nessa resolução de vídeo (modelos podem variar). Este tipo de arquivo de imagem (RAW) permite que você tenha uma maior flexibilidade na hora da edição ao realizar ajustes de correção e gradação de cor em programas de edição de imagem dedicados como Adobe Photoshop, Capture One, Adobe Lightroom, etc. Além disso, gravar em 1080p 30fps atenderá a resolução em alta definição que vem se tornando padrão mínimo no universo dos vídeos online.

Fotografia de Alimentos

4 - Use referências.

Ter referências de outros profissionais que usam vídeos em seus portfólios para divulgar seus trabalhos de fotografia de alimentos é muito importante. Porém, você deve se inspirar e não copiá-los.


Uma das características mais importantes dos fotógrafos é o processo criativo. Existem inúmeras opções para se explorar na Internet para que possa fazer vídeos atraentes para seus clientes que dificilmente você encontrará trabalhos iguais.


Com a crescente demanda por conteúdo em vídeo em diversas plataformas digitais, cada vez mais fotógrafos vêem agregando vídeos em seus portifólios. David Ma e Steve Giralt são apenas dois dos exemplos de criadores de conteúdo que mais inovam na arte da gastronomia com vídeos.

5 - Divulgue seu vídeo.

Após ter produzido e editado seu primeiro vídeo, está na hora de divulgá-lo. Não basta apenas deixá-lo em seu canal de YouTube ou nas redes sociais aguardando que as pessoas o encontrem, curtam e comentem. É preciso divulgar (não necessariamente através de anúncios pagos), mas expô-lo ao maior número de pessoas possíveis.


Faça um trabalho de SEO sólido e verá que suas chances de exposição aumentarão significativamente. Alex Vargas, um dos maiores profissionais do Marketing Digital, oferece dicas valiosas em seu canal do YouTube sobre estratégia e como construir sua audiência.


E não se esqueça de utiliza a ferramenta Google Analytics caso possua um website. Ela permite que você analise o tráfego do seu site, a performance das páginas e auxiliam com dados estatísticos para posicioná-lo nas primeiras posições no mecanismo de buscas.

Dica EXTRA: procure chamar a atenção das pessoas nos primeiros 5 a 7 segundos de seu vídeo. Nesse período, a pessoa decidirá se continuará ou não assistindo seu vídeo até o fim (ou pelo menos a maior parte dele) a partir do que da informação que ela receber. Comece apresentando de fato o propósito de seu vídeo logo no início e deixe o restante do conteúdo para o meio e fim. Na maioria dos casos, a taxa de retenção da audiência é maior e, consequentemente, mais fiel aos seus próximos vídeos.

Fotografia de Alimentos

Fazer vídeos para negócios é uma excelente oportunidade para estar à frente de seus concorrentes, divulgar seus produtos e/ou serviços de uma forma mais dinâmica e atrair pessoas que buscam por uma solução ou necessidade, mas que não dispõem de muito tempo para textos longos e cansativos.


Comece com vídeos simples e vá adicionando elementos de acordo com o tempo e resultados alcançados, sempre objetivando seu cliente e suas necessidades de compra e interesses.


Este post não contém nenhum tipo de afiliação, patrocínio, parceria ou propaganda.


#fotografiadealimentos #fotógrafodealimentos #fotodecomida #fotografodealimentos #videodecomida #blogdefotografia